mais que 90″

quando eu era aquela coisa que vive entre a pré-adolescência e a tal da adolescência achava futebol um saco. fora o fato de que eu já era uma girafa e não me achava esteticamente integrada com aquelas meninas, pendia uma obrigação de ter que ter um time, torcer, e mais tarde trocá-lo pelo time do namorado mesmo que acompanhá-lo a um estádio fosse uma possibilidade tão distante quanto ter um dinossauro de estimação.

hoje a Copa do Mundo é em casa, eu estou vestida com uma jaqueta oficial recém-comprada mais amarela que o maior quindim da padaria da esquina. meu coração bate acelerado, o moleque Neymar faz gol e eu fico rouca de tanto gritar. e o melhor? eu estou – muito – bem acompanhada! a sala tá cheia, a mesa tem de tudo um pouco e a gente torce, comenta, reclama, fica muda, e tagarela junto. simplesmente pelo fato que é legal se divertir junto.

mas naquela época estranha o “certo” era reclamar que o namorado não saia da frente da tv aos domingos acompanhando todos os jogos de todas as divisões. o “certo” era as amigas sempre marcarem de se encontrar nas noites de quarta-feira, dia de mais jogo. o “certo” era não entender o que é impedimento, sentir pena do goleiro, reparar (só) nas pernas dos jogadores e dizer que não gosta de futebol. claro que você pode gostar, mas até onde eu saiba gosto é pessoal e não deveria ser guiado por um senso comum ou pela matéria principal de todas as capas que fazem a revista vender mais. eu gosto de futebol, e de filme francês, de festival de música no deserto, de dormir bastante e se me deixar passo o dia na praia. eu gosto de torcer, de brincar de superstição, de gritar “pra frente! “pra frente!”, soltar palavrão – mas gosto mais ainda de fingir que não entendo nada quando chego no escritório segunda-feira de TPM. ah! posso querer outro assunto hoje?  é isso, você pode não querer esse assunto hoje, ou sempre. pode realmente não gostar de futebol ou qualquer esporte ou mesmo desse planeta. o que você não poderia é saber de verdade o que você gosta ou não, e fazer dos seus domingos o programa que quiser, acompanhada por quem você preferir.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s